Mais inclusão e assistência aos 28 mil autistas no Amapá.

Blog / Em Destaque

A última quarta-feira, 3, marcou o fim da campanha estadual de inclusão, a Mundo Azul. Mais do que isso, marcou definitivamente a vida de pais e parentes de crianças e adultos autistas. 

Data da Publicação: 06/05/2017

Cerca de 28 mil portadores de autismo no Amapá serão beneficiados com o Pacote de Ações de Inclusão às Pessoas com Transtorno do Espectro Autista, apresentado em evento no Palácio do Setentrião na quarta-feira, 3.

 

As medidas preveem maior inclusão e assistência aos portadores de Transtorno do Espectro Autista (TEA) – entre as quais, a meia-entrada em eventos culturais e esportivos, e a aplicação da prioridade para autistas em estabelecimentos comerciais. 

  

"São várias ações para que pessoas autistas sejam verdadeiramente incluídas na sociedade, porque até então pouco era difundido, pouco era divulgado, e hoje queremos isso, dar visibilidade e respeito", segundo a deputada estadual Marília Góes, autora da lei.

 

Além das medidas, o governador do estado, Waldez Góes, ainda sancionou a lei que torna obrigatória a aplicação do símbolo mundial do autismo em placas de atendimento prioritário nos estabelecimentos comerciais, a exemplo do que é feito com os idosos e deficientes físicos, e assinou o decreto criando o Grupo de Trabalho Intersetorial, para fluxo estadual de atenção à pessoa com Transtorno do Espectro Autista e familiares. 

 

Somos todos iguais. Somos todos diferentes. 

Compartilhe


Deixe Seu Comentário